Parlamentares governistas, Evangélicos e direita brasileira criticam André Mendonça por voto contra Daniel Silveira

Ministro indicado pelo presidente Jair Bolsonaro votou a favor da condenação do deputado Daniel Silveira; nome do magistrado chegou aos assuntos mais comentados do Twitter.

Parlamentares governistas criticaram o ministro: A deputada Carla Zambelli (PL-SP) afirmou que o posicionamento do magistrado foi uma “vergonha”. 

Nas redes sociais, apoiadores de Bolsonaro rebateram o posicionamento do ministro. O também deputado Carlos Jordy (PL-RJ) escreveu em sua conta no twitter: “A justiça é cega. E a injustiça é careca!”. 

A deputada Bia Kicis (PSL-DF) comentou sobre a decisão do Supremo mencionando o ex-presidente Lula. “O @STF_oficial forma maioria pela condenação de @danielPMERJ. Como se se tratasse de um processo válido e não nulo desde a origem. Para o @LulaOficial sobraram garantistas e filigranas processuais. Para Daniel, acreditam que houve o devido processo legal?”

O deputado Daniel Silveira foi acusado de estimular atos antidemocráticos e atacar instituições como o Poder Judiciário e acabou sendo condenado a oito anos e nove meses de prisão em regime fechado. Ele ainda poderá recorrer da decisão ao próprio Supremo. Ele apenas deverá ser preso quando não houver mais possibilidades de recurso.

O pastor evangélico Silas Malafaia publicou um vídeo nesta 5ª feira (21.abr.2022) criticando o voto de André Mendonça,  ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), a favor da condenação do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ). Entre as críticas, o pastor disse que o ministro “envergonha o povo evangélico”. “Totalmente decepcionado com o ministro André Mendonça, que se rendeu ao ditador da toga e envergonha o povo evangélico”, disse Malafaia….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.