Noticias de ultima hora

Prefeitos relatam ameaça do governo de SP

Mais um prefeito do interior paulista fez questão de criticar publicamente João Doria.

Reeleito mandatário de Mirandópolis, município no oeste do Estado com cerca de 30 mil habitantes, Everton Sodario (PSL) relatou nesta quarta-feira, 30, o que definiu como ameaças feitas por integrantes do primeiro escalão da gestão tucana.

Além disso, comparou o rival político ao nazista Adolf Hitler.

Contrário desde o início da pandemia de covid-19 a regras de isolamento social e fechamento de setores da economia, Sodario afirmou ter se sentido ameaçado ao tentar seguir outras estratégias além das impostas pelo governo estadual.

“Ele ameaçou com algumas ligações de secretários de Estado me ligando e dizendo: ‘prefeito se o senhor não revogar o seu decreto [contrário ao lockdown], nós iremos acionar o Ministério Público, e o senhor terá problemas com a Justiça’”, disse o membro do PSL.

A afirmação de Sodario foi feita durante entrevista ao vivo a Os Pingos nos Is, programa da rádio Jovem Pan.